Dow Jones 0,061% 22.660 pts
S&P 500 -0,261% 2.545 pts
Nasdaq -1,339% 7.529 pts
Ibovespa -0,284% 85.135 pts
Dólar R$ 3,315
Euro R$ 4,040
Veja Mais

Varejo americano volta a decepcionar e azeda mercados americanos

Varejo americano volta a decepcionar e azeda mercados americanos
(Shutterstock)

Consumo foi mais fraco que o esperado e vem na sequência de resultados fracos de varejistas americanas

SÃO PAULO – O varejo nos EUA voltou a trazer dados preocupantes nesta sexta-feira (12). Após o consumo ter puxado o desempenho do PIB (Produto Interno Bruto) do país para baixo no primeiro trimestre do ano, ele voltou a decepcionar, com vendas no varejo avançando apenas 0,4% em abril no comparativo com março.

Quer aprender a investir no exterior? Confira estes dois módulos grátis e faça seus investimentos

A expectativa de economistas era de um avanço de 0,6%. Excluindo vendas de carros e gasolina, o avanço foi ainda mais modesto: apenas 0,3%, enquanto, nessas circunstâncias, se esperava uma alta de 0,4%.

As vendas em postos de gasolina subiram 12,3% em relação ao mesmo período de 2016 de acordo com dados do departamento de comércio americano e varejistas sem lojas subiram 11,9%. Já os números do varejo americano no mês passado foram revisados para uma alta de 0,1%, enquanto antes se falava em uma queda de 0,2%. As notícias fizeram o mercado americano começar o dia em queda.

Dê a sua opinião!

0 0
Foto de perfil de Leonardo Uller
Escrito por
Jornalista econômico vencedor do prêmio Especialistas da revista Negócios da Comunicação no setor Financeiro em 2015. É o editor responsável pelo FinNews. E-mail: leonardo.uller@finnews.com.br

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados *

Você também pode utilizar estas HTML tags e atributos <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Senha perdida

Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.