Dow Jones 0,061% 22.660 pts
S&P 500 -0,261% 2.545 pts
Nasdaq -0,072% 7.854 pts
Ibovespa -0,284% 85.135 pts
Dólar R$ 3,315
Euro R$ 4,040
Veja Mais

Tudo que você precisa saber sobre o IPO do Snapchat em um post

Tudo que você precisa saber sobre o IPO do Snapchat em um post
(Shutterstock)

Lançamento da empresa no mercado deverá acontecer em futuro próximo e tem animado o mercado dos EUA

SÃO PAULO – A Snap Inc., companhia responsável pelo aplicativo Snapchat, já entrou com pedido na SEC (Securities Exchange Comission) para fazer seu IPO (Initial Public Offering) no primeiro trimestre desse ano, dando uma chance para os investidores entrarem no negócio. O colunista do site Motley Fool Adam Levy lista quatro pontos que os investidores devem saber antes do lançamento da empresa na bolsa.

1 – Quando as ações serão lançadas?
Relatórios apontam que a ação pode começar a ser negociada já em março. Mas como tudo que o CEO (Chief Executive Officer) da empresa Evan Spiegel faz, há um ar de segredo sobre o IPO da empresa. A companhia fez seu pedido à SEC de forma confidencial, o que é uma opção para empresas com receita anual inferior a US$ 1 bilhão. Assim, toda a informação da Snap Inc. ficará fechada até algumas semanas antes das suas negociações e, com isso, não é possível saber com exatidão quando serão lançadas as ações.

2 – Qual será o preço da ação e seu valuation?
O preço dependerá de quantos papéis forem lançados. Mas o mais importante é ficar de olho no valuation. Relatórios indicam que a empresa procura um valor de mercado de US$ 25 bilhões, mas que ele poderia chegar a até US$ 40 bilhões. No patamar esperado pela Snap Inc., ela ficaria colocada próxima de pares como o Facebook (FB.OQ) e o Twitter (TWTR.N). Vale lembrar que a empresa espera triplicar sua receita em 2017 e, então, duplicá-la novamente em 2018. Mas, por outro, lado, ela ainda não é lucrativa neste momento.

3 – Como investir em uma ação da Snap?
A menos que você seja um banco de investimentos com centenas de milhões de dólares para investir, você terá que esperar as ações entrarem no mercado para, a partir daí, fazer seu investimento nos papéis da companhia pela plataforma online que costuma usar. Em 2012, quando as ações do Facebook entraram no mercado, a demanda foi tão forte que algumas ordens ficaram presas no sistema da Nasdaq por horas. Isso fez o Twitter e outras empresas de tecnologia buscarem a tradicional bolsa de Nova York subsequentemente. Ainda não se sabe em qual das duas bolsas que a Snap Inc. escolherá lançar seus papéis.

4 – O IPO da Snap pode animar outras empresas do setor a se tornarem públicas?
Muitas empresas do setor podem usar o IPO da Snap como termômetro para dar este passo ou não. Se o mercado reagir favoravelmente a este lançamento bastante antecipado isso pode encorajar outras empresas a se tornarem públicas. Em 2016, apenas 20 companhias tecnológicas entraram na bolsa, sendo o ano de IPO mais lento desde a Grande Depressão. Mas 2017 pode ver gigantes entrando na bolsa como a Uber, Xiaomi e Spotify caso a Snap se saia bem. No entanto, só o tempo dará essas respostas para os investidores.

Dê a sua opinião!

3 0
Foto de perfil de Leonardo Uller
Escrito por
Jornalista econômico vencedor do prêmio Especialistas da revista Negócios da Comunicação no setor Financeiro em 2015. É o editor responsável pelo FinNews. E-mail: leonardo.uller@finnews.com.br

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados *

Você também pode utilizar estas HTML tags e atributos <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Senha perdida

Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.