Dow Jones 0,061% 22.660 pts
S&P 500 -0,261% 2.545 pts
Nasdaq 0,126% 7.432 pts
Ibovespa -0,284% 85.135 pts
Dólar R$ 3,315
Euro R$ 4,040
Veja Mais

Quem são e o que fizeram os melhores executivos dos EUA em 2016

Quem são e o que fizeram os melhores executivos dos EUA em 2016
(Shutterstock)

Todos eles têm em comum a gestão de empresas que se adaptam muito bem a um mundo cada vez mais digital

SÃO PAULO – Um bom líder pode trazer uma visão inteligente para a companhia que trabalha e colocá-la no caminho certo, fazendo com acabe se tornando a diferença entre o sucesso e um fracasso completo. Assim, o colunista do site Motley Fool Joe Tenebruso elaborou uma lista com os três melhores CEO (Chief Executive Officer) do mundo em 2016 que ajudaram a posicionar suas companhias corretamente e as transformaram em negócios ainda mais fortes.

Jeff Bezos, Amazon
No mundo do varejo, há a Amazon e há todos os outros. A empresa de e-commerce domina completamente o negócio em que está inserida e isso foi arquitetado pelo seu fundador e CEO Jeff Bezos. Em 2016, ele ajudou a fortalecer ainda mais a empresa, que conta com uma reputação ainda maior entre seus consumidores. Adicionalmente, a companhia ainda está investindo em um sistema de distribuição global e também em um sistema de fidelidade traz serviços diferenciados para os usuários. Tudo isso pode colocar a Amazon no caminho de mais sucesso no futuro.

Tobi Lutke, Shopify
Uma das poucas companhias que vem conseguindo encontrar espaço contra a Amazon é a plataforma multi-canal de comércio Shopify. A empresa vem crescendo com força nos últimos tempos, com a receita avançando 92% nos três primeiros trimestres de 2016 em comparação com o mesmo período de 2015. O fundador e CEO Tobi Lutke posicionou a empresa como uma provedora de soluções de comércio em nuvem para companhias de pequeno e médio porte e também para gigantes como a Tesla e o Google

Patrick Doyle, Domino’s Pizza
Enquanto muitos de seus competidores têm dificuldade em se adaptar a um cenário de mudança no varejo com pedestres cada vez mais escassos e compradores online cada vez mais frequentes, J. Patrick Doyle levou a Domino’s a ser um dos maiores beneficiários da tendência das pessoas consumirem em casa. A empresa é a maior entregadora de pizzas nos EUA e considerada dona da com a melhor estratégia digital na indústria de restaurantes atualmente. Os consumidores da Domino’s conseguem fazer pedidos online em menos de 30 segundos. Tudo isso tem levado a empresa a uma liderança cada vez mais forte e consolidada.

Dê a sua opinião!

3 0
Foto de perfil de Leonardo Uller
Escrito por
Jornalista econômico vencedor do prêmio Especialistas da revista Negócios da Comunicação no setor Financeiro em 2015. É o editor responsável pelo FinNews. E-mail: leonardo.uller@finnews.com.br

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados *

Você também pode utilizar estas HTML tags e atributos <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Senha perdida

Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.