Dow Jones 0,061% 22.660 pts
S&P 500 -0,261% 2.545 pts
Nasdaq 1,236% 7.426 pts
Ibovespa -0,284% 85.135 pts
Dólar R$ 3,315
Euro R$ 4,040
Veja Mais

“Mais forte do que nunca”, Nike surpreende mercado com resultados positivos

“Mais forte do que nunca”, Nike surpreende mercado com resultados positivos
(Shutterstock)

Existiam muito temores se uma perda na participação de mercado poderia atrapalhar a empresa, mas isso não se concretizou

SÃO PAULO – A Nike trouxe resultados mais fortes do que o esperado referentes ao segundo trimestre fiscal de 2017, aponta o colunista do site Motley Fool Steve Symington. A empresa apresentou um crescimento de 6,4% nas suas receitas, de 7,3% em seu lucro líquido e de 11,1% em seu EPS (Lucros por Ação, na sigla em inglês) em relação ao mesmo período do ano fiscal de 2016.

O colunista destaca que, se não fossem os efeitos negativos do câmbio no ano, as receitas teriam crescido 8%, uma vez que elas foram puxadas por uma forte demanda de consumo internacional. Na Europa Ocidental, as receitas da empresa subiram 12% quando se excluem os efeitos cambiais, já nos mercados emergentes, elas subiram 13%.

O EPS do papel foi reforçado pela recompra de 17 milhões de ações no período por praticamente US$ 900 milhões como parte do programa de recompra de US$ 12 bilhões ao longo de quatro anos aprovado em novembro do ano passado. A margem bruta da Nike, por sua vez, caiu 1,4 ponto percentual, chegando a 44,2%.

Para o colunista, os resultados da gigante de equipamentos e vestuário esportivo foram “inegavelmente sólidos” e incluiu muitos poucos indícios que desagradem os investidores de longo praz. No final das contas, a empresa está “mais forte do que nunca” e seus acionistas podem ficar tranquilos, principalmente quando se leva em conta os temores do mercado nas últimas semanas de que os números da companhia viessem mais fracos.

Dê a sua opinião!

2 0
Foto de perfil de Leonardo Uller
Escrito por
Jornalista econômico vencedor do prêmio Especialistas da revista Negócios da Comunicação no setor Financeiro em 2015. É o editor responsável pelo FinNews. E-mail: leonardo.uller@finnews.com.br

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados *

Você também pode utilizar estas HTML tags e atributos <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Senha perdida

Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.