Dow Jones 0,061% 22.660 pts
S&P 500 -0,261% 2.545 pts
Nasdaq -1,120% 7.713 pts
Ibovespa -0,284% 85.135 pts
Dólar R$ 3,315
Euro R$ 4,040
Veja Mais

“Harmonia renovada”: esse é o clima entre EUA e Europa em encontro do G7; entenda

“Harmonia renovada”: esse é o clima entre EUA e Europa em encontro do G7; entenda
(Shutterstock)

Ataque químico na Síria voltou a renovar interesses em comum entre a Europa Ocidental e os EUA

SÃO PAULO – Os ministros das relações exteriores dos países do G7 se encontrarão nesta segunda-feira (10) na cidade de Lucca, na Itália, em um encontro onde devem ser discutidos vários pontos, em especial a questão da Síria e uma pressão conjunta para que a Rússia encerre seu apoio ao presidente Bashar Al Assad.

Quer aprender a investir no exterior? Confira estes dois módulos grátis e faça seus investimentos

Na semana passada, o ataque químico no país que levou a morte de mais de 80 pessoas motivou o presidente americano Donald Trump a lançar um ataque balístico ao país com 59 mísseis em uma base aérea síria. O secretário de estado americano Rex Tillerson fez questão de declarar em um cenário onde ocorreu um massacre na segunda guerra mundial de declarar que os EUA estão se dedicando em punir qualquer um que cometa crimes contra inocentes. O ministro italiano Angelino Alfano ainda declarou que a paz não é dada, mas sim um trabalho conjunto.

Ao longo do final de semana, Alfano declarou que o apoio europeu ao ataque americano trouxe uma “harmonia renovada” para o primeiro encontro dos ministros do grupo desde que Trump assumiu seu cargo em janeiro. “Precisamos lembrar que não há dez anos, mas sim há 100 ou 120 dias, a preocupação na Europa era que os EUA e a EU estavam se separando”, pontuou.

O encontro, na região da Toscana, ainda deve contar com discussões sobre a questão na Coreia do Norte, que vive uma tensão crescente. Contudo, o grande foco da reunião deve ficar em unir os sete países em torno de uma maior pressão sobre a Rússia – inclusive, logo antes do encontro do G7, o ministro das relações exteriores do Reino Unido cancelou um encontro com seu colega na Rússia por conta do ataque químico na Síria.

Dê a sua opinião!

0 0
Foto de perfil de Leonardo Uller
Escrito por
Jornalista econômico vencedor do prêmio Especialistas da revista Negócios da Comunicação no setor Financeiro em 2015. É o editor responsável pelo FinNews. E-mail: leonardo.uller@finnews.com.br

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados *

Você também pode utilizar estas HTML tags e atributos <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Senha perdida

Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.