Dow Jones 0,061% 22.660 pts
S&P 500 -0,261% 2.545 pts
Nasdaq -0,558% 7.379 pts
Ibovespa -0,284% 85.135 pts
Dólar R$ 3,315
Euro R$ 4,040
Veja Mais

Gigante americana que paga dividendos há 75 anos anuncia alta de 30% nos proventos deste trimestre

Gigante americana que paga dividendos há 75 anos anuncia alta de 30% nos proventos deste trimestre
(Shutterstock)

A Boeing tem conseguido combinar bons resultados com aumento em sua remuneração para os acionistas

SÃO PAULO – Os investidores nos EUA esperavam uma forte alta no pagamento de dividendos da Boeing e, de fato, ela não decepcionou, aponta o site americano Motley Fool. O pagamento deste trimestre anunciado na semana pela produtora de aviões foi de 30%, chegando a US$ 1,42 por ação e trazendo um yield de 3,6%.

A empresa distribui dividendos a seus acionistas há mais de 75 anos e aumentou seu pagamento trimestral em 190% ao longo dos últimos quatro anos. Oficialmente, o novo provento será pago no dia 3 de março de 2017 para os acionistas com posições até o dia 10 de fevereiro.

E essas não são as únicas boas notícias para a empresa. Ela ainda anunciou que vai trazer mais valor para seus acionistas, substituindo o atual programa de recompra com uma nova autorização de US$ 14 bilhões.

Essa notícia não é uma grande surpresa, levando em conta que a Boeing completou seu programa de recompras em 2016 com um total realizado de US$ 7 bilhões, contra um total que poderia chegar em US$ 14 bilhões. Assim, a decisão foi por, basicamente, reiniciar o processo novamente.

Dennis Muilenburg, conselheiro, presidente e CEO (Chief Executive Officer) da empresa, comenta que ao mesmo tempo que a Boeing traz mais eficiência em seus negócios, ela consegue se comprometer em aumentar seu fluxo de caixa para trazer retornos competitivos para seus acionistas.

Os papéis da empresa, desde 2013, dobraram de valor, enquanto no final do terceiro trimestre desse ano, ela fechou a venda de 5.612 aviões precificados em mais de US$ 460 bilhões, o que traz um crescimento de receita bastante transparente para os papéis. A direção da companhia ainda espera que seu setor de defesa estabilize os resultados e comece a melhorar, o que também pode ser bom para os investidores, que viram essa área se enfraquecer nos últimos anos. O principal foco da Boeing, no momento tem que ser em aumentar sua produção mensal.

Dê a sua opinião!

1 0
Foto de perfil de Leonardo Uller
Escrito por
Jornalista econômico vencedor do prêmio Especialistas da revista Negócios da Comunicação no setor Financeiro em 2015. É o editor responsável pelo FinNews. E-mail: leonardo.uller@finnews.com.br

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados *

Você também pode utilizar estas HTML tags e atributos <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Senha perdida

Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.