Dow Jones 0,061% 22.660 pts
S&P 500 -0,261% 2.545 pts
Nasdaq -0,141% 7.848 pts
Ibovespa -0,284% 85.135 pts
Dólar R$ 3,315
Euro R$ 4,040
Veja Mais

Gestora vê oportunidades “significativas” de investimento na Europa; confira

Gestora vê oportunidades “significativas” de investimento na Europa; confira
(Shutterstock)

Para instituição financeira, as empresas europeias deverão ter seu melhor desempenho em cinco anos

SÃO PAULO – A gestora britânica Schroders elaborou relatório em que analisa o cenário para esse ano para o mercado europeu. A instituição financeira acredita que 2017 pode ser volátil, mas deve trazer oportunidades de investimento “significativas”.

Para o diretor de ações na Europa da asset, as incertezas no cenário local nesse momento podem ser interessantes. “Temos a visão de que incertezas nos mercados e volatilidade frequentemente apresentam oportunidades para comprar boas companhias em valuations atrativos. Como investidores ativos de longo prazo, os períodos em que conseguimos os melhores retornos são frequentemente os que os outros estão com mais medo”, escreve a instituição financeira.

O cenário atual é repleto de apreensão para os investidores na Europa, com as negociações do processo de saída do Reino Unido da União Europeia sendo acompanhado de perto. No entanto, mesmo esse sendo um evento bastante relevante, os gestores não acreditam que ele terá um impacto significativo nas empresas da Europa Continental. Como exemplo, eles citam o fato de que apenas 5% das exportações do bloco europeu vão para o Reino Unido. Fora isso, ainda é apontado como outro fator importante as eleições em vários países, incluindo a Alemanha, França e Holanda.

Do ponto de vista do valuation, a Schroders comenta que as ações no continente seguem atrativas, com uma relação de preço sobre lucro ajustada média de 14 vezes, contra a média histórica dos últimos 30 anos de 20 vezes.

Além disso, para esse ano, a instituição financeira aponta que espera ver as empresas europeias com seus melhores resultados em cinco anos. “Uma das razões porque as ações na Europa ficaram para trás contra outras regiões é que testemunhamos vários anos de quedas nos lucros”, escreve a empresa.

Setores
Em relação a setores, um que chama a atenção da empresa é o de energia renovável, indo desde veículos elétricos até energia eólica. “Essa é uma área onde uma visão de longo-prazo é necessária conforme mudanças na tecnologia tenham tempo para se desenvolver”, pontua. As incertezas com a eleição de Trump nos EUA prejudicaram o setor e criaram bons pontos de entrada em alguns papéis, prossegue a asset.

A Schroders ainda conta com um viés positivo para o setor de produtos de luxo. Os volumes foram recentemente afetados e as empresas caíram com força, apresentando agora um bom potencial de recuperação. Além disso, muitas companhias da área ainda não se aproveitaram plenamente dos benefícios do e-commerce e, por isso, podem ganhar mais espaço.

Dê a sua opinião!

0 0
Foto de perfil de Leonardo Uller
Escrito por
Jornalista econômico vencedor do prêmio Especialistas da revista Negócios da Comunicação no setor Financeiro em 2015. É o editor responsável pelo FinNews. E-mail: leonardo.uller@finnews.com.br

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados *

Você também pode utilizar estas HTML tags e atributos <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Senha perdida

Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.