Dow Jones 0,061% 22.660 pts
S&P 500 -0,261% 2.545 pts
Nasdaq -1,237% 7.537 pts
Ibovespa -0,284% 85.135 pts
Dólar R$ 3,315
Euro R$ 4,040
Veja Mais

Facebook, Twitter e Snap tentam entender como oferecer conteúdos em vídeo

Facebook, Twitter e Snap tentam entender como oferecer conteúdos em vídeo
(Shutterstock)

Formato é, atualmente, completamente dominado pela Netflix, enquanto outras empresas tentam entender como rentabilizar com ele

SÃO PAULO – A Netflix (NFLX.OQ) conseguiu prender a atenção de seus consumidores para assistir seus vídeos e, assim, não precisa se preocupar em como apresentá-los em seu site. No entanto, outras gigantes da tecnologia decidiram começar a produzir vídeos, mas não sabem bem como entregá-los aos usuários. De acordo com o site americano Barron’s Next, o Facebook (FB.OQ), o Twitter (TWTR.N) e o Snapchat (SNAP.N) ainda estão tentando entender como lucrar com esse tipo de conteúdo sem estragar a experiência dos usuários que usam as plataformas com outra intenção.

Quer aprender a investir no exterior? Confira estes dois módulos grátis e faça seus investimentos

O problema não será resolvido facilmente. O Facebook atrasará a entrega de sua produção original até o fim do verão no hemisfério norte, de acordo com a mídia americana. Várias fontes relatam que os atrasos têm relação com o produto. Primeiro a rede social está construindo sua ferramenta de vídeo dentro do site e do aplicativo, tentando entender onde os novos programas estarão hospedados.

O Twitter também está interessado em produzir mais conteúdo em vídeo e a empresa anunciou acordos de streaming com várias companhias de mídia. No entanto, ainda não está claro a transmissão será feita ao vivo, ou se a empresa criará uma aba exclusivamente para conteúdo audiovisual em sua plataforma.

A questão do Snapchat é diferente. Como os snaps desaparecem depois de um tempo, a companhia não precisa de um lugar para deixar vídeos arquivados, mas precisa achar uma melhor maneira de fazer seus programas se destacarem, pois, no momento atual, ainda é muito difícil encontrar qualquer conteúdo original da companhia na plataforma.

Dê a sua opinião!

0 0
Foto de perfil de Leonardo Uller
Escrito por
Jornalista econômico vencedor do prêmio Especialistas da revista Negócios da Comunicação no setor Financeiro em 2015. É o editor responsável pelo FinNews. E-mail: leonardo.uller@finnews.com.br

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados *

Você também pode utilizar estas HTML tags e atributos <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Senha perdida

Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.