Dow Jones 0,061% 22.660 pts
S&P 500 -0,261% 2.545 pts
Nasdaq -0,046% 7.826 pts
Ibovespa -0,284% 85.135 pts
Dólar R$ 3,315
Euro R$ 4,040
Veja Mais

Atentado em Londres afeta mercados nesta segunda; veja desempenho

Atentado em Londres afeta mercados nesta segunda; veja desempenho
(Shutterstock)

Índices futuros americanos apontam para uma abertura em queda, enquanto na Ásia a performance também foi ruim

SÃO PAULO – A segunda-feira (5) começou com um ritmo negativo nos mercados mundiais, principalmente por conta das tensões políticas entre as nações árabes no Oriente Médio e o atentado ocorrido em Londres neste final de semana. Confira, a seguir, a Volta ao Mundo do FinNews desta manhã.

Quer aprender a investir no exterior? Confira estes dois módulos grátis e faça seus investimentos

EUA
Os mercados americanos devem começar o dia em queda, especialmente com os investidores tentando entender as consequências do atentado terrorista em Londres e a cisão entre quatro nações do Oriente Médio e o Qatar. Vale lembrar que os principais índices dos EUA encerraram a semana passada em patamares recorde.

No cenário corporativo, o destaque fica com a Apple (AAPL.OQ), que teve suas ações rebaixadas pela Pacific Crest para o patamar neutro, com a explicação de que as boas notícias do iPhone 8 já foram precificadas. Também sobe a TG Therapeutics (TGTX.OQ) após ela anunciar boas notícias em relação a uma decisão judicial favorável a sua combinação de tratamentos para Leucemia.

Europa
Desempenho negativo nos mercados do Velho Continente nesta segunda-feira após um atentado em Londres no último sábado (3), onde um motorista atropelou várias pessoas na London Bridge. O FTSE 100, principal benchmark britânico, recua 0,3 %, enquanto o Francês CAC 40 cai 0,66% e o espanhol IBEX 35 tem desempenho negativo de 0,33%. Na Alemanha, os mercados não estão abertos por conta de feriado local. Vale lembrar que na próxima quinta-feira (8) acontecerão eleições no Reino Unido, onde o partido Conservador da atual primeira ministra Theresa May tem leve vantagem em relação à oposição Trabalhista.

Ásia e Oceania
Performance majoritariamente negativa nos mercados asiáticos, com destaque para o aumento no preço do petróleo após a Arábia Saudita, o Bahrein, o Egito e os Emirados Árabes Unidos terem cortado relações diplomáticas com o Qatar por motivos relacionados ao terrorismo e para o atentado em Londres.

No Japão, o Nikkei oscilou 0,03% para baixo, enquanto na Austrália o ASX 200 caiu 0,57%. Na China, mesmo com os bons números do PMI (Purchasing Managers Index) Caixin, o benchmark de Shanghai se desvalorizou em 0,45%, enquanto em Shenzhen a alta foi de 0,68%. Em Hong Kong, o Hang Seng teve queda de 0,24% e na Coreia do Sul o Kospi foi 0,13% para trás.

Dê a sua opinião!

0 0
Foto de perfil de Leonardo Uller
Escrito por
Jornalista econômico vencedor do prêmio Especialistas da revista Negócios da Comunicação no setor Financeiro em 2015. É o editor responsável pelo FinNews. E-mail: leonardo.uller@finnews.com.br

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados *

Você também pode utilizar estas HTML tags e atributos <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Senha perdida

Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.