Dow Jones 0,061% 22.660 pts
S&P 500 -0,261% 2.545 pts
Nasdaq 0,126% 7.432 pts
Ibovespa -0,284% 85.135 pts
Dólar R$ 3,315
Euro R$ 4,040
Veja Mais

Apple corta produção do iPhone 7 e isso desperta a atenção do mercado

Apple corta produção do iPhone 7 e isso desperta a atenção do mercado

A maior empresa dos EUA tem visto as vendas de seus dispositivos móveis minguarem recentemente

SÃO PAULO – Se, por um lado, os fones de ouvido AirPods da Apple foram considerados por seu CEO (Chief Executive Officer) Tim Cook como um imenso sucesso chegando em um patamar no qual a empresa não consegue produzir o suficiente para atender a demanda, o mesmo não parece acontecer com o iPhone 7 e o iPhone 7 Plus, aponta o site americano Barron’s Next.

A reportagem cita a publicação Nikkei Asian Review, que declara que a empresa está cortando a produção dos celulares em 10% de acordo com cálculos de seus fornecedores. A empresa já havia cortado sua produção no final de 2015 também. Na época, isso havia acontecido por conta das vendas do iPhone 6 e o iPhone 6 Plus não terem sido tão fortes quanto o que se esperava inicialmente.

Ainda de acordo com a publicação, a empresa já havia tentado evitar o problema ao cortar a produção do novo celular em 20% antes mesmo de começarem as vendas, mas, mesmo assim, os smartphones não parecem estar conseguindo decolar no mercado.

A causa das más notícias pode ser o fato de o novo modelo não contar com muitas funcionalidades novas em relação a seus antecessores. Assim, os consumidores não estariam inclinados a fazer a mudança de aparelho.

Contudo, apesar das notícias ruins, a Apple não depende mais tanto da sua venda de celulares quanto dependia no passado. Isso acontece porque a parte de serviços da empresa como a App Store e a iCloud Storage vêm crescendo com força. Enquanto as pessoas continuem comprando no iTunes e na Apple Music, não importa tanto qual o modelo de smartphone que elas estão usando.

Vale lembrar que 2017 será um ano muito importante para a empresa, uma vez que ela celebrará os dez anos do primeiro iPhone e deve lançar o oitavo modelo do dispositivo. Os papéis da Apple marcaram um retorno de 12,5% em 2016 quando se incluem seus dividendos, desempenho em linha com o S&P 500.

Dê a sua opinião!

0 0
Foto de perfil de Leonardo Uller
Escrito por
Jornalista econômico vencedor do prêmio Especialistas da revista Negócios da Comunicação no setor Financeiro em 2015. É o editor responsável pelo FinNews. E-mail: leonardo.uller@finnews.com.br

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados *

Você também pode utilizar estas HTML tags e atributos <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Senha perdida

Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.