Dow Jones 0,061% 22.660 pts
S&P 500 -0,261% 2.545 pts
Nasdaq -1,120% 7.713 pts
Ibovespa -0,284% 85.135 pts
Dólar R$ 3,315
Euro R$ 4,040
Veja Mais

Anunciantes ainda não recuperaram confiança no YouTube, relata publicação

Anunciantes ainda não recuperaram confiança no YouTube, relata publicação
(Shutterstock)

Desde escândalo no começo deste ano, grandes empresas ainda não voltaram a rodar anúncios na plataforma de vídeo

SÃO PAULO – Há cerca de dois meses, várias grandes empresas cancelaram seus anúncios no YouTube, plataforma de vídeos do Google (GOOGL.OQ), após relatos de que eles estavam sendo apresentados antes de produções extremistas e de organizações terroristas. Deixaram de anunciar gigantes como a General Motors e o Wal-Mart, segundo relata o site Barron’s Next.

Quer aprender a investir no exterior? Confira estes dois módulos grátis e faça seus investimentos

Investidores se preocuparam com a questão durante alguns dias e depois a deixaram de lado, levando em conta comentários do CEO (Chief Executive Officer) Sundar Pichai de que a questão estava sob controle com tecnologias melhoradas do Google para reforçar melhor as políticas da empresa e manter anúncios longe de conteúdos problemáticos. “Anunciantes claramente perceberam todas as melhorias que fizemos”, pontuou.

Analistas, desde então, vêm afirmando que os anunciantes estão voltando ao YouTube em ritmo crescente, sugerindo uma interrupção mínima no fluxo de receita da plataforma. As ações também parecem não ter sofrido, com a Alphabet, companhia responsável pelo Google, subindo 14% no mês passado.

No entanto, o Barron’s Next conversou com várias companhias e descobriu que a situação é diferente. Entre as empresas que ainda suspendem seus anúncios na rede social estão a Verizon, Nestlé, Toyota e o Wal-Mart. O Google, por sua vez, não quantificou a quantidade de anunciantes que perdeu e nem respondeu à reportagem da companhia sobre quantos voltaram.

Dê a sua opinião!

1 0
Foto de perfil de Leonardo Uller
Escrito por
Jornalista econômico vencedor do prêmio Especialistas da revista Negócios da Comunicação no setor Financeiro em 2015. É o editor responsável pelo FinNews. E-mail: leonardo.uller@finnews.com.br

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados *

Você também pode utilizar estas HTML tags e atributos <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Senha perdida

Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.