Dow Jones 0,061% 22.660 pts
S&P 500 -0,261% 2.545 pts
Nasdaq 1,236% 7.426 pts
Ibovespa -0,284% 85.135 pts
Dólar R$ 3,315
Euro R$ 4,040
Veja Mais

3 motivos pelos quais a Disney não precisa que Rogue One seja um sucesso

3 motivos pelos quais a Disney não precisa que Rogue One seja um sucesso
(Shutterstock)

A gigante de mídia e entretenimento pode se dar ao luxo de ter um filme que não se saia bem nos cinemas; no entanto, não parece que isso acontecerá dessa vez

SÃO PAULO – O novo filme da franquia Star Wars foi lançado nessa semana. Rogue One: Uma História Star Wars, diferentemente de tudo que já foi lançado até o momento em relação à franquia, será um spinoff, ou seja não é um filme que entra na série de filmes original, mas sim uma história extra, que narra como os rebeldes contra o império conseguiram roubar os planos da Estrela da Morte. O site americano Motley Fool comenta que muito provavelmente o filme será um sucesso, principalmente considerando que a bilheteria da película lançada ano passado, Star Wars: o Despertar da Força, ficou em quase US$ 1 bilhão apenas nos EUA.

No entanto, principalmente por essa obra ser um spinoff, o consenso é que Rogue One não chegará perto da arrecadação de seu antecessor. Com boas críticas antes de seus lançamentos, os acionistas da Disney, que detém os direitos da franquia, muito provavelmente esperam por um resultado excelente, contudo isso não é algo extremamente imortante para a empresa, comenta o site. O Motley Fool lista, então, três motivos pelos quais a gigante do entretenimento sobreviverá muito bem mesmo se o filme não for um sucesso.

1 – Medalha de bronze
A Disney é uma empresa de mídia bastante diversificada e seu estúdio de filmes é atualmente apenas seu terceiro maior ramo. A divisão de mídia e seus parques temáticos são os dois maiores, representando 73% de sua receita fiscal. Não que a divisão de filmes seja insignificante, principalmente levando em conta que eles, muitas vezes, permeiam outras áreas da empresa. No entanto, o estúdio também vai muito bem no ano, sendo responsável por três dos quatro filmes com maiores bilheterias em 2016.

2 – Reforços a caminho
Esse é o segundo mês de dezembro seguido que a Disney lança um filme da série Star Wars, e isso acontecerá mais uma vez em 2017, quando o oitavo episódio da sequência original for lançado. E será este o filme que deverá batalhar com O Despertar da Força. A Disney gastou mais de US$ 4 bilhões para comprar a Lucasfilm, assim, é natural que ela tente lucrar por todos os caminhos que conseguir.

3 – Muito a olhar em 2017
A Disney é uma empresa bastante inquieta, e há muito a se olhar em 2017. Provavelmente haverá uma recuperação no público em seus parques, puxada por uma expansão temática baseada no campeão de bilheteria Avatar. Enquanto isso, na divisão de filmes, serão lançadas as sequências de Piratas do Caribe, Guardiões da Galáxia, Carros e também a versão com atores de A Bela e a Fera. Com tudo isso acontecendo, a Disney pode se dar ao luxo de ter um filme que não seja um enorme sucesso nesse fim de ano, mesmo que não pareça que isso acontecerá.

Dê a sua opinião!

2 0
Foto de perfil de Leonardo Uller
Escrito por
Jornalista econômico vencedor do prêmio Especialistas da revista Negócios da Comunicação no setor Financeiro em 2015. É o editor responsável pelo FinNews. E-mail: leonardo.uller@finnews.com.br

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados *

Você também pode utilizar estas HTML tags e atributos <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Senha perdida

Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.