Dow Jones 0,061% 22.660 pts
S&P 500 -0,261% 2.545 pts
Nasdaq -0,127% 7.849 pts
Ibovespa -0,284% 85.135 pts
Dólar R$ 3,315
Euro R$ 4,040
Veja Mais

2 das ações mais seguras que você pode investir

2 das ações mais seguras que você pode investir

É possível encontrar vários papéis com receita bem diversificada nos EUA, o que permite que seus modelos de negócios sejam bastante seguros

SÃO PAULO – O risco na hora de aplicar o dinheiro é definido pelo colunista do site americano Motley Fool Joe Tenebruso como um investimento que totalize uma perda permanente de capital. Assim, uma das melhores maneiras de mitigar esses riscos ao investir em ações é colocar seu dinheiro em negócios que contem com diversos fluxos de receita para que, assim, possam se proteger em diversos cenários diferentes. Com isso, o colunista lista duas grandes ações no país que podem ser ótimas escolhas para quem quer segurança ao investir.

Berkshire Hathaway
Talvez nenhuma outra empresa seja tão diversificada quanto a companhia de Warren Buffett. O gigante conglomerado conta com mais de 60 diferentes subsidiárias, envolvidaa em vários setores como o de seguros, manufatura, alimentos e varejo, entre outros. Essa diversificação setorial permite que a companhia sobreviva mesmo nos momentos de quedas mais agudas.

Com isso, não apenas a Berkshire tende a superar o mercado em tempos de queda, mas também é nesses momentos que o CEO (Chief Executive Officer) e legendário investidor aloca o massivo caixa da empresa em novos negócios. Mesmo deixando um caixa sempre de US$ 20 bilhões, a empresa consegue alocar outros US$ 65 bilhões nos negócios que julgar mais adequados, focando principalmente em ações de valor.

Johnson & Johnson
A companhia é outro caso de destaque em combinar um negócio com baixos riscos e ter várias fontes de rendas diversificadas. O conglomerado de saúde tem mais de 250 negócios operacionais em 60 países, indo desde remédios, aparelhos médicos até produtos para o consumidor.

Além disso, a natureza defensiva da indústria de cuidados com a saúde também ajuda a empresa como um todo. Independentemente do que acontece com a economia, as pessoas ficam doentes e precisam de remédios. A maioria dos produtos da companhia são vendidos exatamente por conta da demanda inelástica que sua natureza proporciona.

Não é à toa que a Johnson & Johnson é apenas uma das duas únicas nos EUA que ainda tem uma nota de crédito AAA, que é a mais elevada. Isso permite que ela tenha acesso a dívidas de baixo custo abundantes para investir em pesquisa, desenvolvimento, marketing e aquisições que aumentem seu valor enquanto consegue remunerar também seus acionistas. De fato, a empresa aumenta seu pagamento de dividendos há 54 anos consecutivos. Por mais de 130 anos, a companhia suportou todo tipo de cenário econômico, trazendo ótimos retornos para seus acionistas ao longo dos anos

Dê a sua opinião!

2 0
Foto de perfil de Leonardo Uller
Escrito por
Jornalista econômico vencedor do prêmio Especialistas da revista Negócios da Comunicação no setor Financeiro em 2015. É o editor responsável pelo FinNews. E-mail: leonardo.uller@finnews.com.br

Deixe uma Resposta

Seu e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados *

Você também pode utilizar estas HTML tags e atributos <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Senha perdida

Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.